Tatiana Lobo



6 abril, 2018

O que são Óleos Vegetais ou Carreadores?

Os óleos transportadores (veículos) dos óleos essenciais, são óleos vegetais que geralmente são prensados ​​a partir das sementes ou grãos. Eles são a porção gordurosa de uma planta. Desta forma, eles são muito diferentes dos óleos essenciais que não são realmente óleos, mas compostos líquidos voláteis. Óleos transportadores são provavelmente exatamente o que você pensa quando pensa em óleos vegetais como óleo de coco e óleo de uva.

Quando devo usar óleos portadores?
Você usará óleos veiculares para tornar a aplicação de óleos essenciais mais confortável, mais eficaz ou ambos.

Alguns óleos são fortes demais para serem aplicados diretamente  pela pele e serão absorvidos através dos capilares. Então você precisa de um óleo transportador para diluir o óleo essencial para uma proporção melhor para sua pele. Esses óleos essenciais também são chamados de óleos “quentes” quando requerem diluição.  A qualidade dos óleos vegetais é tão importante quanto a dos óleos essenciais.

 

O que são Óleos Essenciais?

 

 

Óleos Essenciais são moléculas químicas voláteis encontradas em alguns
tipos de plantas, chamadas “plantas aromáticas”. Nestas plantas, os óleos
essenciais desempenham funções importantes como auxiliar na reprodução,
defesa e saúde e podem estar presentes em partes diferentes da planta,
dependendo de cada espécie.

Algumas características importantes dos Óleos Essenciais:
– Origem vegetal, 100% puros e naturais
– Altamente concentrados: 1 gota de óleo essencial equivale a cerca de 20
xícaras de chá da mesma planta
– Voláteis: evaporam com facilidade, mesmo em temperaturas e pressões
normais
– Riqueza química: alguns óleos essenciais chegam a ter mais de 800
componentes químicos diferentes
– Podem ser extraídos de diversas partes, dependendo da espécie: sementes,
raízes, galhos, flores, frutos, folhas, casca do fruto e resinas
– Complexidade química: resultando em uma infinita gama de possibilidades
terapêuticas

SEGURANÇA
É muito importante que a utilização dos óleos essenciais seja feita de
forma segura e consciente. Para evitar qualquer problema, compartilhamos
algumas dicas de segurança para garantir que você tenha uma maior chance de
acerto.
 Antes de utilizar um óleo essencial pela primeira vez, faça um teste de
sensibilidade da pele. Dilua 4 gotas do óleo essencial em 5ml de óleo
carreador. Aplique em uma pequena área na região interna do antebraço
e espere por cerca de 20 minutos. Se por acaso você perceber
vermelhidão, coceira, inflamação ou alguma outra reação interrompa o
uso e lave a área com água fresca. Caso não ocorra nenhuma reação
estranha, você já sabe que o óleo é seguro para ser usado.
 Estes são alguns dos óleos essenciais que podem ser irritantes para a
pele (você deve utilizá-los com mais atenção e cuidado): Manjericão,
Benjoim, Pimenta Preta, Canela, Cravo, Gengibre, Capim Limão,
Orégano, Tomilho e os óleos cítricos prensados.
 Os óleos de frutos cítricos, que são obtidos através do Método de
Prensagem, podem causar reações fototóxicas na pele. Isso significa que
não devemos aplicar estes óleos diretamente na pele que terá exposição
Solar nas 24 horas seguintes. Alguns dos óleos são Bergamota, Limão,
Mandarina, Laranja e Grapefruit.
 Preste sempre muita atenção para evitar o contato com os olhos. Caso
aconteça, utilize algum óleo carreador para retirar o óleo da região. Caso,
não tenha, é possível utilizar Azeite de Oliva.
 Durante a gestação, só utilize os óleos essenciais na pele com a
orientação de um especialista. Neste período a melhor escolha é o uso
aromático em difusores de ambiente, mesmo assim e pequenas
quantidades. Mantenha todos os óleos, mesmo óleos vegetais, fora do alcance das crianças.

 Fonte: https://conaroma.com.br/guiareceitas.pdf

O que são Óleos Vegetais ou Carreadores? Os óleos transportadores (veículos) dos óleos essenciais, são óleos vegetais que geralmente são prensados ​​a partir das sementes ou grãos. Eles são a porção gordurosa de uma planta. Desta forma, eles são muito diferentes dos óleos essenciais que não são realmente óleos, mas compostos líquidos voláteis. Óleos transportadores […]






4 abril, 2018

Para cabelo seco

O alecrim revigorante é excelente para a saúde do cabelo e do couro cabeludo e pode tratar caspa e queda de cabelo. Aqui, é combinado com três supercomponentes: manteigas de carité, um dos poucos ingredientes que ajudam a recuperar pontas; óleo de argan, que condiciona e hidrata; e óleo de coco, que amacia e suaviza.

Rende 45ml Ingredientes

1-colher (sopa) de manteiga de carité

1-colher (sopa) de  óleo de coco

1-colher (sopa) de  óleo de argan 

10 gotas de óleo essencial de alecrim 

Como fazer

1- Aqueça a manteiga e os óleos de coco e de argan em banho maria, até a manteiga derreter depois que tirar a tigela da panela com cuidado, pois o vidro estará quente. Deixe esfriar por 30-40 minutos.

2- Com uma batedeira manual ou um mixer, bata a mistura continuamente, até atingir a textura de creme de leite fresco.

3- Acrescente  os óleos essenciais e misture bem. Coloque em um recipiente limpo  e deixe esfriar antes de tampar. Armazene em local fresco e seco. Conserve por 6 semanas.

Como usar 

Esse condicionador é bastante nutritivo, portanto não é preciso usar muito. Dependendo do comprimento do cabelo, uma quantidade do tamanho de uma moeda deve ser suficiente. Massageie, concentrando-se no couro cabeludo e nas pontas. Para usar como máscara, enrole uma toalha na cabeça e deixe por 30-60 minutos ou a noite inteira. Para remover, passe shampoo no cabelo antes de molha-lo, enxágue e repita, a fim de garantir que todo o óleo tenha sido removido.

 

 

 óleo de argan sementes de árvore argan são prensadas para criar um óleo rico e suavizante que é facilmente absorvido pelo cabelo.

 

 

 

Para cabelo seco O alecrim revigorante é excelente para a saúde do cabelo e do couro cabeludo e pode tratar caspa e queda de cabelo. Aqui, é combinado com três supercomponentes: manteigas de carité, um dos poucos ingredientes que ajudam a recuperar pontas; óleo de argan, que condiciona e hidrata; e óleo de coco, que […]






3 abril, 2018

Para todos os tipos de cabelo

Essa receita barata, eficiente e livre de química, limpa o cabelo e o deixa fresco e macio. Quando começar a usar, é impossível que o couro cabeludo leve um tempo para se adaptar á mudança não estilo de “lavagem”. Isso dura pouco, então vale a pena perseverar. Personalize essa pasta de acordo ao seu seu tipo de fio. acrescentando óleos essenciais que dão fragrância e ressaltam suas características.

Rende 85 g

Ingredientes

2 – Colheres (sopa) de bicarbonato de sódio

2- colheres (sopa) de água mineral

2- gotas do óleo essencial adequado a seu tipo de cabelo (abaixo)

Como fazer:

1- Misture o bicarbonado de sódio e a água em uma tigela, formando uma pasta. Acrescente mais água se ficar muito seca ou mais bicarbonado de sódio se ficar muito líquida.

2- Adicione o óleo essencial e mexa bem.

3- Transfira para uma bisnaga. Armazene em local fresco e escuro.

Conserva por 1 semana.

Como Usar

Agite bem. A quantidade necessária depende do comprimento do cabelo.

Aplique o suficiente da pasta para cobrir-lo,seco ou molhado,no couro cabeludo e até as pontas dos fios. Deixe por 2-4 minutos e enxágue com água morna. Seque e penteie como de costume. Use três a quatro vezes por semana  junto com enxague de vinagre de maçã.

http://www.tatianalobo.com/enxague-de-vinagre-de-maca/ ‎

 

Para cabelo Normal :

2 -gotas de óleo essencial de ylang ylang

Para cabelo seco:

2- gotas de sálvia esclareia

Para cabelos oleoso

1- gota óleo essencial de alecrim ou 1- gota de óleo essencial de cedro

Para todos os tipos de cabelo Essa receita barata, eficiente e livre de química, limpa o cabelo e o deixa fresco e macio. Quando começar a usar, é impossível que o couro cabeludo leve um tempo para se adaptar á mudança não estilo de “lavagem”. Isso dura pouco, então vale a pena perseverar. Personalize essa […]






3 abril, 2018

Para todos os tipos de cabelos

Limpe e equilibre o cabelo com esse enxágue que suaviza as cutículas. Elas são a camada que cobre o fio e lhe oferece proteção; precisam estar saudáveis e em boas condições para que fique macio.

O vinagre de maçã remove o acúmulo de resíduos nas escamas e nos fios, fazendo-os brilhar, e pode equilibrar o pH do cabelo. Acrescente óleos essenciais para obter um perfume delicioso.

Rende 120ml.

Ingredientes:

2- colheres (sopa) de vinagre de maçã

8- colheres (sopa) de água mineral

8- gotas de óleo essencial de limão-siciliano

4- gotas de óleo essencial de grapefrut

Como fazer:

1– misture o vinagre e a aguá em uma tigela. Use menos vinagre para cabelo seco e mais vinagre para cabelo oleosos.

2– Acrescente os óleos essenciais e mexa bem.

3- Transfira para um frasco com borrifador. Armazene em local fresco. Conserva-se por 3 meses.

Como Usar

Agite bem.Aplique no cabelo molhado durante o banho. Deixe por 1-2 minutos (evite que caia nos olhos). Enxágue com água até o cheiro de vinagre desaparecer. Seque e penteie como de costume. Use três a quatro vezes por semana após a pasta capilar higienizante.

http://www.tatianalobo.com/pasta-capilar-higienizante/ ‎

 Benefícios do vinagre de maçã

  • Estimula o couro cabeludo para promover o crescimento do cabelo
  • Limpa o cabelo sem descascar óleos naturais
  • Remove o acúmulo de produtos químicos
  • Ajuda o cabelo a reter a umidade para melhor condicionamento
  • Propriedades antibacterianas e antifúngicas para ajudar com o couro cabeludo escamoso e coceira
  • Fecha a cutícula do cabelo permitindo brilho e menos emaranhados

 

 

Para todos os tipos de cabelos Limpe e equilibre o cabelo com esse enxágue que suaviza as cutículas. Elas são a camada que cobre o fio e lhe oferece proteção; precisam estar saudáveis e em boas condições para que fique macio. O vinagre de maçã remove o acúmulo de resíduos nas escamas e nos fios, […]









ss1 ss2 ss3 ss4 ss5 ss6